STORM: proteção do patrimônio cultural europeu

Engineering coordena o projeto de pesquisa internacional inserido em um âmbito de pesquisa multi-disciplinar que visa a proteção do patrimônio cultural europeu.

H2020 STORM (Safeguarding Cultural Heritage through Technical and Organisational Resources Management) tem o objetivo de realizar soluções inovadoras para determinar ameaças e vulnerabilidade em relação a diversos eventos meteorológicos extremos e aos riscos associados às condições climáticas ou às catástrofes naturais, oferecendo, para cada situação crítica detetada, estratégias, metodologias e instrumentos eficazes de adaptação e de mitigação.

Neste contexto, a experiência, os conhecimentos, as melhores práticas e a pesquisa europeia serão integradas com a finalidade de criar um quadro europeu que visa promover e difundir o conhecimento e as competências para a proteção do patrimônio cultural na Europa, no respeito de sua história e integridade.

O projeto prevê o estudo, a experimentação e o uso de novos modelos preditivos e de métodos inovadores de diagnóstico e de medição (não invasivos e não destrutivos), com o objetivo de detetar potenciais ameaças e situações críticas para o patrimônio cultural, derivantes de mudanças climáticas ou de eventos naturais externos. Neste cenário, o suporte das novas tecnologias terá um papel fundamental para a aquisição e análise dos dados e das informações relevantes: será experimentado o uso integrado de sensores de florescência e acústicos, de soluções LiDAR e UAV e de técnicas crowd-sensing, com o objetivo de suportar a criação de um conjunto de aplicações e de serviços de alto valor acrescentado.

Engineering também realizará uma plataforma colaborativa de knowledge-sharing, para habilitar a fase de risk assessment, de situational awareness e de suporte à tomada de decisões, que garantirá pleno suporte aos operadores envolvidos nas atividades de organização da prevenção e das intervenções, mas também na fase de partilha e criação de novos conhecimentos sobre as temáticas de proteção do patrimônio cultural.

Além de Engineering, a parceria orgulha-se de sujeitos de excelência, tais como o  Mibact (com a Supervisão Especial para o Coliseu, o Museu Nacional Romano e a Área Arqueológica de Roma), o Ministério do Interior (com o Corpo Nacional de Bombeiros) a Universidade da Tuscia e Resiltech.

A nível internacional estão envolvidos outros dois ministérios: o Ministério da  Cultura grego e a Direção Geral dos Bens Culturais do Governo Português e outras entidades públicas de instrução e pesquisa tais como o TEIP  (Technological Educational Institute of Piraeus) para a Grécia, a Universidade de Bogazici para a Turquia, a Universidade de Stuttgart para a Alemanha, INOV - Instituto para as novas tecnologias de Portugal, a Universidade de Salford para o Reino Unido e o Instituto Central de  Meteorologia e Geodinâmica (ZAMG) para a Áustria .

Os resultados da atividade de pesquisa serão finalmente testados e convalidados no âmbito de cinco diferentes países, onde serão realizadas outras tantas soluções piloto:  Terme di Diocleziano (Itália), Mellor (UK), Troia (Portugal), Rethymno (Grécia), Ephesus (Turquia).

storm-project.eu